Clínica Dentária | Odontológica MultiOral - Saúde e Estética Oral


  Contato : (21) 2247-0236

Consumo inteligente do açúcar

Uma dieta saudável e balanceada supre todos os nutrientes de que a criança precisa para o crescimento e também ajuda no desenvolvimento dos dentes e na saúde da gengiva. Porém, quando se fala em uma dieta rica em açúcar e carboidratos, é preciso cuidado: a ingestão excessiva destes ingredientes aumenta o risco de cáries. Por serem uma importante fonte de nutrientes e calorias, os alimentos doces não devem ser eliminados da dieta, mas consumidos com moderação. É o que recomenda a odontologia preventiva: uso inteligente do açúcar, limitando seu consumo, e capricho na higiene oral.

Menu variado
Comer de maneira adequada evita problemas no desenvolvimento do nosso corpo e também dos nossos dentes. De acordo com especialistas em nutrição e saúde, uma boa alimentação deve conter uma grande variedade de alimentos e uma série de nutrientes, como ácidos graxos essenciais (presentes em produtos gordurosos), aminoácidos (presentes nas proteínas), carboidratos, cerca de vinte e cinco minerais e quinze vitaminas. A água, obviamente, não pode faltar. Além de limpar o organismo, ajuda a mantê-lo hidratado. Todos esses elementos trabalham pela manutenção do nosso corpo, renovando pele, ossos e sangue. Para que eles não faltem, é preciso inclui-los sempre no cardápio.

Placa bacteriana
Alimentos com alto teor de açúcar, amido e carboidratos são considerados grandes vilões da saúde bucal. Entre eles, figuram doces, refrigerantes, balas, chicletes, salgadinhos e sucos de fruta adoçados com açúcar. Porém, isso não significa que é preciso abandoná-los, mas saber a hora certa de comê-los e evitar os excessos. É no consumo freqüente de açúcar entre as refeições que reside o perigo, pois nem sempre escovamos os dentes logo em seguida – com isso, o açúcar fica bem mais tempo em contato com os dentes. Por isso, alimentos altamente cariogênicos – como balas, refrigerantes, sucos adoçados e café – precisam ser substituídos por outros com menor quantidade de açúcar. Exemplos? Queijos, iogurte integral, torradas, cereais e líquidos sem açúcar .

O problema presente na ingestão dos alimentos com alto teor de açúcar é o fato de que eles colaboram para o surgimento da placa bacteriana – uma película pegajosa e incolor, feita principalmente de bactérias e açúcares, que vai se formando sobre os dentes. Se os alimentos ficam acumulados nos dentes durante muitas horas, dão chance às bactérias de produzir ainda mais ácidos e de corroer o esmalte dos dentes. Uma vez que isto é feito, abre-se a porta para o processo da cárie. No caso da doença periodontal, o processo é semelhante, só que os alvos, desta vez, são a gengiva e o ligamento do dente.

Açúcar na hora certa
O papel dos pais também é muito importante quando se trata do consumo inteligente do açúcar. A começar pela formação de bons hábitos desde cedo, como evitar acrescentar açúcar ao leite, sucos e mingaus ou dar alimentos açucarados como recompensa por alguma tarefa. Também é preciso estabelecer limites para o cardápio dos lanchinhos, escolhendo alimentos nutritivos e reservando os doces apenas para a sobremesa. Guloseimas, somente em ocasiões especiais. Se não for possível, o ideal é comprar balas e chicletes sem açúcar.

Além de evitar o consumo excessivo de açúcar, uma boa alternativa é ingerir alimentos fibrosos, que precisam ser bem mastigados. É o caso das frutas frescas com casca e legumes crus. Enquanto mastigamos, esses alimentos realizam uma espécie de auto-limpeza, ajudando a remover restos de comida de algumas partes dos dentes. A higiene, claro, é fundamental para a saúde oral. Isso significa fazer desde o básico – limpar todas as partes dos dentes com escova e fio dental após as refeições e, principalmente, antes de dormir. Também deve-se fortalecer a estrutura dos dentes com o uso de enxaguatórios e cremes dentais contendo flúor. É preciso, ainda, consultar o dentista para receber orientações e cuidados, que serão indicados de acordo com a necessidade de cada pessoa. O profissional vai realizar a limpeza periódica dos dentes, prevenindo a formação da placa, do tártaro e das cáries. Esses cuidados devem ser adotados desde a infância.

Juntos, eles mantêm os dentes saudáveis por toda a vida.

WhatsApp