Clínica Dentária | Odontológica MultiOral - Saúde e Estética Oral


  Contato : +55 (21) 2247-0236

Periodontia – Tratamento de Gengiva

Antes de iniciar qualquer tratamento dentário o periodontista fará um exame periodontal e examinará os dentes e as gengivas detalhadamente. Se a gengivite ou doença periodontal for diagnosticada, há várias opções de tratamento e procedimentos periodontais não-cirúrgicos e cirúrgicos para tratar a infecção, deter a retração gengival e reestruturar os dentes. As opções de tratamento variam de acordo com a extensão da doença. Nos casos severos, e quando não for possível preservar o dente, o tratamento com implantes é o mais recomendado.

Quando os tecidos e o osso que suporta o dente são destruídos pela placa bacteriana, as gengivas se separam dos dentes formando bolsas periodontais.

Numa gengiva saudável o sulco gengival, espaço entre o dente e a gengiva, varia de 1mm a 3mm de profundidade.À medida que a doença periodontal avança as bolsas se tornam mais profundas podendo chegar a ter mais de 7mm de profundidade.

Gengivite/ Estágio inicial da doença periodontal — Quando o sulco gengival ultrapassar 4mm de profundidade o periodontista fará uma raspagem ou alisamento radicular (da raiz do dente), abaixo da margem gengival, para remover o biofilme oral e o tártaro (cálculo). O paciente receberá instruções para continuar o tratamento periodontal com uma boa higiene oral caseira.

Estágio moderado da doença periodontal — Quando o sulco gengival atinge de 4mm a 6mm de profundidade é necessário fazer uma raspagem e alisamento radicular mais minucioso para remover para remover o biofilme oral e o tártaro (cálculo) da bolsa gengival. Este procedimento geralmente é feito sob anestesia local.

Estágio avançado da doença periodontal — Quando o sulco gengival atinge de 6mm a 7mm de profundidade geralmente há perda óssea e retração gengival. A raspagem e o alisamento radicular são as principais alternativas de tratamento não-cirúrgico. Depois disso, o periodontista recomendará o tratamento cirúrgico para reduzir a profundidade do sulco.

Perda dentária
Quando há perda de um ou mais dentes devido à doença periodontal, o tratamento com implantes dentários é uma ótima opção. Se houver osso suficiente para servir de âncora à prótese dentária, o implante poderá ser colocado. No caso de perda óssea, o paciente terá que passar por um enxerto com o objetivo de preparar o osso para receber a nova prótese.

A  Clínica Odontológica Multi Oral possui especialistas em periodontia altamente qualificados para realizar o diagnóstico, prevenção e o planejamento do tratamento periodontal.

A dentista especialista em Periodontia na Clínica Odontológica Multi Oral é a Dra Carmen Mourão.

Matérias relacionadas
Queilite Angular: O que é e quais as causas?