Clínica Dentária | Odontológica MultiOral - Saúde e Estética Oral


  Contato : (21) 2247-0236

Mau hálito? Nem pensar!

Além do desconforto que causa, o mau hálito pode ser um forte indício de que algo não vai bem na sua saúde bucal. Neste texto blog, iremos dar algumas dicas para que você possa combater este problema e assim, sorrir e falar sempre com o astral lá em cima. Vamos lá? 

Números do problema no Brasil 

De acordo com a Associação Brasileira de Halitose, 30% da população sofre com o problema no país, o que corresponde a cerca de 50 milhões de pessoas. Neste percentual, 90% dos casos possuem relação direta com a saúde da boca. 

A explicação para o odor

Em nossa boca, centenas de bactérias atuam diariamente com variadas funções: contribuem para uma melhor digestão, combatem micro-organismos que podem ser nocivos não só para a boca como também para a nossa imunidade. Entretanto, quando há um desequilíbrio e uma proliferação além da conta entre elas, a halitose pode se manifestar. 

O que o mau hálito pode indicar? 

Sentir um odor desagradável na boca pode indicar uma série de problemas, e muitos deles possuem relação direta com a higiene oral. Entre as questões mais comuns, estão: 

  • Placa bacteriana: também chamado de biofilme, se forma a partir da ação das bactérias sob os restos de alimentos que se acumulam nos dentes na língua. Quando a higiene bucal não é feita da maneira correta, com escovação diária e o uso do fio dental, seu acúmulo provoca o mau odor. 
  • Gengivite: A inflamação da gengiva possui relação direta com a placa bacteriana, citada no tópico anterior. Seu acúmulo ao redor dos dentes pode, além do mau hálito, provocar a retração gengival e tornar os dentes mais sensíveis. 
  • Periodontite: A versão mais grave da inflamação do tecido gengival também provoca a halitose.

Outros fatores para o problema

Existem ainda outros hábitos que favorecem o surgimento do mau hálito. Aqui estão alguns deles: 

  • Ingerir pouco líquido: não se hidratar de maneira adequada torna a boca seca e pode ocasionar o problema. 
  • Fumo: um dos maiores vilões da saúde também contribui para o mau hálito, por reduzir a produção de saliva e conter substâncias ricas em enxofre na sua composição. 
  • Alimentação: uma dieta rica em frituras, refrigerantes e carnes também também contribuem para o mau odor. Buscar o equilíbrio ao incluir frutas e verduras fibrosas, 

Combatendo o problema

O primeiro passo para combater o mau hálito é aceitar o problema e buscar ajuda. Pode parecer algo simples, mas muitas pessoas sentem vergonha de abordar o assunto e acabam tentando ignorá-lo. 

Por se tratar de um problema na boca, é essencial visitar o dentista. O profissional irá analisar as condições de sua saúde bucal, apontar possíveis causadores e o melhor tratamento. Se consultar com frequência e realizar a limpeza também contribui para sanar o problema e garantir um hálito mais saudável. 

Para finalizar, o cuidado no dia a dia é imprescindível. Tenha na escovação e no uso de fio dental seus maiores aliados para sorrir e falar com tranquilidade e use-os sempre após as refeições.

Objetivo

O objetivo deste blog foi mostrar que a halitose tem tratamento! Não deixe o problema para depois! 

Sobre a Multi Oral

A Multi Oral é uma clínica odontológica situada em Ipanema, coração do Rio de Janeiro, atendendo a crianças e adultos com muito carinho e dedicação desde 2001! Conte conosco! Para saber mais sobre o nosso trabalho, clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp