Clínica Dentária | Odontológica MultiOral - Saúde e Estética Oral


  Contato : (21) 2247-0236

Restauração nos dentes: como atuam e quando trocá-las?

É bem raro conhecer alguém que chegou à idade adulta sem ter sofrido com as temidas cáries pelo menos uma vez na vida. Apesar de ser um bastante comum e tratável, o problema merece uma atenção toda especial, incluindo algumas visitas ao dentista, lógico. É aí que a restauração dental, também chamada de obturação, entra em cena. Aqui, iremos explicar um pouco sobre este assunto.  

Explicando a restauração

A restauração atua para fazer com que o dente prejudicado pela cárie recupere sua força e função normais. Para realizá-la, primeiramente o dentista remove a parte do dente que está deteriorada, limpando a área. Depois, preenche a cavidade limpa com um material de restauração.

 

Por fechar os espaços pelos quais as bactérias poderiam se alastrar, a restauração também previne deteriorações futuras. Atualmente, é possível utilizar vários materiais para realizá-las. Fatores como possíveis alergias e o local da boca no qual será feita precisam ser considerados pelo dentista e também pelo paciente. No entanto, o processo de limpeza da área danificada permanece o mesmo

 

 Aqui estão alguns detalhes a respeito de cada tipo:

  • Amálgama (prata): durante muitos anos, foi o material mais utilizado para as restaurações. Pela sua tonalidade prateada, alguns odontopediatras diziam que se tratar de uma “estrelinha” para tranquilizar as crianças. Possui alta resistência e durabilidade. Contudo, regulamentação da ANVISA em 2017 proibiu a fabricação, importação e comercialização de mercúrio e pó para liga de amálgama não encapsulada no Brasil. A medida passou a valer em 2019.

 

  • Resinas compostas: o material ganhou espaço nas clínicas odontológicas e bastante qualidade ao longo dos anos. Seu principal diferencial é que combinam com a cor dos dentes, sendo a preferida pelos pacientes quando se deseja obter um resultado mais natural e estético. A resina é colocada em pequenas porções e fotopolimerizada com uma luz led azul. No entanto, vale lembrar: assim como os dentes, podem manchar de acordo com a alimentação do indivíduo, no contato com pigmentos do café, tabaco ou refrigerantes. 

 

  • Restaurações de Porcelana: são extremamente resistentes ao desgaste e são bastante duráveis. Deste modo, diminui-se consideravelmente o risco de infiltração por cárie dentária, um problema que pode afetar qualquer uma das técnicas quando há a perda de integridade entre o dente e o material restaurador, permitindo infiltrações de bactérias provenientes da placa bacteriana.

 

  • Ouro: por fim, chegamos as restaurações à base de ouro, que são consideradas as mais resistentes. No entanto, este tipo de restauração demanda algumas visitas ao consultório e naturalmente tem um custo elevado. 

Quando trocar?

Embora a restauração remova a área do dente afetada pela cárie, isto não significa que os dentes estão livres de problemas. Sendo assim, o dentista pode recomendar a troca das restaurações para manter a saúde bucal em dia. Entre os casos que apresentam esta necessidade, estão:

  • Cárie: sim, mesmo um dente restaurado pode voltar a sofrer com as cáries. Quando isso ocorre, pode ser necessário um reforço na obturação. Para prevenir o problema, é fundamental estar atento à escovação diária e uso do fio dental.

 

  • Quebras: todos os materiais utilizados nas restaurações são seguros e duráveis. No entanto, deve prestar atenção a alimentos muito duros e movimentos bruscos. Caso haja a quebra, deve-se procurar o dentista o mais rápido possível, para evitar o acúmulo de restos de alimentos na área e prevenir inflamações. 

 

  • Ação do tempo: apesar de serem duráveis e seguras, as restaurações estão sujeitas a desgastes, exatamente como os dentes. Por isso, é importante visitar periodicamente o odontologista, para que o profissional analise o estado das obturações.

Conclusão

As restaurações são um método seguro de manter a funcionalidade dos dentes e a saúde da sua boca. Não faltam inovações para que o método evolua ainda mais e garanta mais conforto e segurança aos pacientes. Caso tenha a necessidade de realizar a sua, fique tranquilo e converse com o dentista para saber para material é mais indicado para você.

Conheça a Multi Oral

Conte com a Multi Oral para cuidar e transformar os sorrisos de toda a sua família. Estamos localizados em Ipanema, coração do Rio de Janeiro, e contamos com uma equipe altamente capacitada, oferecendo o que há de melhor em tratamentos odontológicos para nossos pacientes. Clique aqui e saiba mais sobre nós!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp